Quando se trata de soluções sonoras de home theater, geralmente há duas opções que dominam a cena. Por um lado, temos barras de som, com bases de som no outro canto. Mesmo havendo uma grande discussão sobre qual delas é melhor, as barras de som têm provado ser uma escolha muito melhor. Hoje vamos falar sobre este assunto e dar-lhe 7 razões pelas quais uma barra de som é melhor do que uma base sonora. Sem mais delongas, vamos começar.

Razão #1 – Melhor Som

Um dos principais argumentos contra as barras de som é o tamanho dos drivers que são usados nelas hoje em dia. No entanto, não só as bases de som estão equipadas com colunas do mesmo tamanho ou de tamanho semelhante, como também lhes falta uma coisa crucial. A chave para um som estéreo adequado é a colocação dos alto-falantes. Geralmente deseja-se que elas sejam espaçadas entre si, criando assim um palco sonoro mais natural e definido. Isso é algo que qualquer barra de som padrão lhe proporcionará. Por outro lado, as bases sonoras são muito mais estreitas devido à sua natureza, o que tira dessa experiência estéreo.

Razão #2 – Footprint menor

Se a estética é ou não importante para você como usuário, é provável que você prefira um dispositivo que não ocupa muito espaço do que um que ocupa. As barras de som costumavam ser um pouco volumosas no passado, mas as modernas são super finas em comparação. Mesmo que você coloque a direita abaixo da TV, você não vai sentir a presença delas. Com bases de som, não é esse o caso. Existem algumas bases de som compactas por aí, mas a maior parte delas se depara com esta superfície grande e espessa que você simplesmente não pode ignorar.

Razão #3 – Versatilidade

Um dos maiores benefícios das barras de som é a sua versatilidade. As bases de som são feitas para serem colocadas na TV e geralmente não há outra maneira de usá-las. Com as barras de som, você pode montá-las na parede, atrás da TV, na frente dela ou como quiser. Além disso, existem muitos modelos sem fios por aí que lhe permitirão criar um sistema muito furtivo, caso o deseje. Outro problema com bases de som que não é mencionado com frequência é a sua limitação de carga. Claro, elas são projetadas para suportar o peso de uma TV, mas não todas as TVs e não sem limitações. Com barras de som, você não tem esse problema.

Razão #4 – Caminhos de Atualização

Quando as bases de som apareceram pela primeira vez, elas foram revolucionárias. A questão do som da televisão de stock existia há muito tempo e as bases de som foram a primeira solução prática. No entanto, toda a natureza multifuncional destes dispositivos provou ser a sua ruína. As barras de som, por outro lado, oferecem uma natureza muito mais personalizável. Você pode usá-las por conta própria, com ou sem o subwoofer. Se decidir que isso não é suficiente, a maioria das barras de som modernas permitem emparelhá-las com colunas satélite e criar um sistema 5.1 ou 7.1 decente. As barras de som simplesmente oferecem melhores caminhos de atualização.

Porquê #5 – Subwoofers

Um dos principais pontos de venda das bases de som foi o fato de que você não precisa de mais nada para usá-las. No momento em que elas apareceram pela primeira vez, era exatamente isso que um consumidor médio queria. No entanto, com o passar do tempo e a mudança de padrões, as pessoas empurraram a barra um pouco para cima demais para este tipo de sistema de áudio. Os graves tornaram-se importantes e simplesmente não havia espaço para um woofer adequado em uma base sonora média. Aqui é onde as barras de som têm uma clara vantagem. A maioria das barras de som modernas vêm com um subwoofer autônomo que preenche esse vazio na parte inferior da faixa de freqüência.

Razão #6 – Preço

Bases de som, em toda a sua glória, não são tão acessíveis em geral. Criar um sistema integrado com tantos alto-falantes que realmente soa bem, vai custar dinheiro. Mesmo que você apenas pegue a pura quantidade de material, torna-se óbvio porque as bases de som são muitas vezes vezes caras. As barras de som, por outro lado, não têm esse problema. Você pode encontrá-las a preços competitivos, para dizer o mínimo. Embora a qualidade das barras de som acessíveis seja algo que pode ser discutido durante dias a fio, o facto é que elas oferecem uma forma barata de melhorar o desempenho áudio da sua televisão. Para a maioria dos usuários casuais lá fora, isso é praticamente tudo o que eles precisam. O que é ainda mais interessante é que muitas das barras de som acessíveis vêm com um subwoofer autônomo. Embora isso seja algo que só recentemente começamos a ver, acrescenta às vantagens esmagadoras de possuir uma barra de som sobre uma base sonora.

Razão #7 – Larger Selection

Por último, temos de tocar na variedade de modelos disponíveis hoje em dia. O mercado tem falado, escolhendo barras de som em vez de bases de som. Isto resultou em numerosas marcas focadas neste tipo de sistemas de áudio doméstico. Hoje em dia, é possível encontrar uma vasta gama de barras de som em praticamente todas as gamas de preços. O melhor de tudo é que uma concorrência tão feroz só leva a um produto melhor a um preço inferior. Você pode basicamente passar dias a passar por diferentes modelos de barras de som e a maioria delas irá oferecer um grande valor pelo dinheiro.

Conclusion

Quando chegarmos ao final deste pequeno artigo, deve ficar bastante claro porque é que as barras de som são melhores do que as bases de som. Dito isto, as bases de som merecem todo o respeito por serem pioneiras dos sistemas compactos de áudio doméstico. Elas serviram bem o seu propósito e introduziram novas tendências que nos levaram a soluções muito melhores. No entanto, as barras de som têm vindo no topo como claras vencedoras. Não importa qual a métrica que você utiliza, há o risco de que uma barra de som média ofereça mais do que a sua base de som média. A menos que você realmente goste do desempenho de uma certa base de sons, não há realmente muitas razões para ir por um.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.