O Rio Magdalena é um grande rio na Colômbia. Referido como o Rio Magdalena em espanhol, o rio deriva seu nome da figura bíblica Maria Madalena. O rio tem uma extensão de 1.528 km, é navegável na parte inferior de seu curso, e seu afluente primário é o rio Cauca. O rio Magdalena começa na lagoa La Magdalena e acaba por desembocar no Mar do Caribe. Além disso, o Magdalena está entre os rios mais significativos da América do Sul, junto com o Paraná, Orinoco e Amazonas.

O curso do rio Magdalena

O rio Magdalena nasce da lagoa Magdalena, que está localizada na Cordilheira dos Andes e está situada a uma altitude de 3.685 m. À medida que o rio corre rio acima, é navegável por aproximadamente 1.000 km, até chegar a corredeiras perto da cidade de Honda. Depois das corredeiras, a Magdelana é navegável novamente por quase 240 km. Cidades ou povoados localizados ao longo ou próximo ao rio incluem La Dorada, Neiva, Puerto Boyacá, Santa Cruz de Mompox, Puerto Berrio, e Honda. O Rio Magdalena tem mais de dez afluentes, incluindo o Rio Cauca, que é seu afluente primário, Rio Nara, Rio San Jorge, Rio La Miel, Rio Cabrera, Rio Sogamoso, Rio Carare, e Rio Cesar. A bacia hidrográfica do rio cobre uma área de 273.000 km2 e suporta uma população estimada em 32 milhões de habitantes. O rio Magdalena acaba por desembocar no Mar das Caraíbas, perto da cidade de Barranquilla.

Em 2015, o governo da Colômbia desenvolveu um plano destinado a privatizar o rio Magdalena e a construir entre 11 e 15 barragens ao longo do seu curso. No entanto, os moradores protestaram contra o plano, já que ele não incluía mecanismos para garantir a proteção ambiental. Além disso, em 2013, o presidente colombiano Juan Santos anunciou um financiamento governamental de US$ 1,2 bilhão focado na restauração da navegabilidade do rio Magdalena.

Significado do Rio Magdalena

Histórico, o Rio Magdalena serviu como uma importante rota de transporte na Colômbia. Hoje, a Bacia do Rio Magdalena é essencial para cultivos agrícolas como cacau, plátanos, café e milho. O rio também fornece um habitat para numerosas espécies de peixes, aves, répteis, mamíferos e anfíbios. Além disso, a significativa população humana perto do rio Magdalena depende das suas águas para a pesca e a agricultura.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.